Leitura da Semana

Acesse mais leituras e mensagens de D. John Main e D. Laurence Freeman:

Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2020 >
Quaresma 2019 >
Quaresma 2018 >
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Calendário de Eventos

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

perfil laurence

Esperança

extraído do livro Perder para Encontrar de Laurence Freeman (Petrópolis, Ed. Vozes, 2009)

Esperança não é o mesmo que desejar alguma coisa. Não se trata de sonhar acordado com alguma coisa. Trata-se do oposto da fantasia. Trata-se de uma atitude ou orientação fundamental da consciência. Trata-se de nos voltarmos para fora. Ser esperançoso é descobrir que somos parte integrante de algo maior do que nós mesmos, e que vivemos com a energia dessa realidade completa. A esperança é a auto disposição para o exterior, qualquer que seja a dificuldade de se manter disposto ao exterior. Desespero é a rendição da consciência à energia da introversão. . . A esperança é uma virtude absoluta, constante e não condicionada. Você não pode ser esperançoso apenas quando as coisas correm bem. Você precisa ser esperançoso e, num certo sentido, escolher ser esperançoso, em qualquer circunstância, qualquer que seja a tendência a mergulhar de volta na consciência de si mesmo, no seguro invólucro do ego. A esperança é uma das virtudes que resultam da prece profunda, onde nos voltamos de nós para Deus. . . Esperança é aspirar ao conforto de estar completamente em seu lar. Trata-se da mais forte aspiração de nosso ser.

original em inglês

 

An excerpt from Laurence Freeman OSB, “The Selfless Self” (New York: Continuum, 2000).

 

Hope is not a desire for anything. It is not day-dreaming about anything.  It is the reverse mode of fantasy.  Hope is a fundamental attitude or direction of consciousness.  It is an outward turning. To be hopeful is to make the discovery that we are integral parts of something greater than ourselves, and that we are living with the energy of that complete reality.  Hope is the outward turning of the self, whatever the difficulty of remaining outward-turning.  Despair is the surrender of consciousness to the force of introversion. . . Hope is an absolute, constant and unconditioned virtue.  You cannot be hopeful only when things are going well.  You need to be hopeful and, in a sense, to choose to be hopeful, however things go, whatever the inclination to sink back into self-consciousness, into the safe enclosure of the ego. Hope is one of the virtues resulting from deep prayer, where we turn from self to God. . . Hope is the aspiration to be totally at home.  It is the strongest aspiration of our being.

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.