Leitura da Semana

Acesse mais leituras e mensagens de D. John Main e D. Laurence Freeman:

Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2019 >
Quaresma 2018 >
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Quinta-feira da 2ª Semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

A maioria de nós neste ponto provavelmente já sentiu um leve ou até um forte sentimento de fracasso com nossas práticas da Quaresma. Não mantivemos alguma coisa a que nos propusemos. Ou poderíamos ter feito melhor. Um exame ocasional de consciência pode ser muito útil para dissipar o feedback negativo que leva a uma espiral descendente. Também pode ajudar a romper a auto-consciência que sustenta a divisão entre o real e o ilusório.

O real é que nunca somos perfeitos e nenhuma quantidade de tentativas ou de posturas irá nos convencer de que somos ou podemos ser. Se as pessoas nos colocam em um pedestal, isso é problema delas. De qualquer forma, existe uma alta taxa de rotatividade nestes tempos de ídolos e heróis – veja a premiação do Oscar. Nossa responsabilidade é de sermos humildes – o que significa manter nossos pés descalços no humus da mãe terra.

O perfeccionismo, no entanto, entra lentamente, mesmo em nossa limitada humildade. Então temos que manter o alerta de vírus ligado – protegendo o coração como os padres do deserto assim chamavam – e fisgá-lo na sua primeira aparição.

Eu não mantive minha promessa, minhas boas intenções colapsaram, minha meditação é uma distração contínua. Existem muitas vozes e maledicências que permitem ao vírus que se instale de novo.

Porém, cada sentimento de fracasso pode ser revertido e transformado em vantagem. Fisgá-lo e descartá-lo imediatamente aprofunda nosso auto-conhecimento, auto-aceitação e auto-controle. Esta verificação de realidade logo traz um sentimento de liberdade e profunda felicidade – do tipo que vem da fonte pura, não do tipo que nós fabricamos.

Cada vez que o sentimento de fracasso se instalar, examine de forma a verificar se ele é preciso e então – sendo ele preciso ou não ou mesmo que você não tenha certeza – deixe-o de lado. Viver na liberdade e na pureza do deserto significa deixar estes pensamentos de lado.

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.