Leitura da Semana

Acesse mais leituras e mensagens de D. John Main e D. Laurence Freeman:

Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2018 >
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Reflexões da Quaresma

Sexta-feira da segunda semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

João o Solitário – o famoso – disse que há níveis de silêncio. Nossa própria prática diária da meditação gradualmente irá revelá-los.

Leia mais...

Quinta-feira da segunda semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Eu pensei que eu estava me tornando um resmungão quando comecei a perceber o quão alta é a música nos restaurantes. Quando eu peço ao garçom para abaixar o volume, geralmente recebo um olhar que indaga se sou deste planeta.

Leia mais...

Quarta-feira da segunda semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Até amanhã. Vamos resolver isso a semana que vem. Precisamos de um modelo de sustentabilidade de longo prazo. Vamos pensar a próxima etapa. (Daily chat)

Leia mais...

Terça-feira da segunda semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Não há nada mais intimidante ou esperançoso do que uma página em branco.

Leia mais...

Segunda-feira da segunda semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Estou em Bere Island há alguns dias, sozinho. O tempo está glorioso. Como não rezamos o Glória na missa durante a quaresma, o clima fez isso por nós.

Leia mais...

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.